Arita – Rumos para uma nova era na produção de porcelana no Japão

por Sebastião Pimenta

kakiemon
kakiemon

De volta ao Japão depois de 24 anos, parece que nada mudou! Como se fosse uma volta ao passado. Algumas coisas eu já tinha esquecido… o gosto do arroz, o sinal de transito sonoro para pedestres, a educação no transito assim como em todo lugar. Já estava ate esquecendo como era comer Sushi e Sashimi sem Cream Chease, sem goiabada cascão, sem morango, sem peixe frito em cima e…GRAÇAS a DEUS aqui não tem tomate seco em comida japonesa!

Bem, estou no sul do Japão, na ultima ilha – Kyushu – na Província de Saga, cidade de Arita, não perguntem o que faço aqui… nem eu mesmo sei ao certo. Destino ou sina vamos ver o que vai acontecer, fico por aqui 3 meses. A cidade é repleta de historia, foi onde começou a produção de porcelana no Japão no Século XVIII, a região ficou famosa por sua produção e as peças eram – e ainda são – exportadas para os quatro cantos do mundo, incluindo Brasil desde o século XVII. Normalmente as peças encontradas em antiquários e no fundo das cristaleiras das vovós tem sua origem em Arita, basta dar uma olhada no fundo das peças “Made in Japan” – Arita era a única produtora na época.

A cidade é uma típica cidade do interior japonês, porem o que chama a atenção é claro são as inúmeras fabricas lojas e estúdios de porcelana. Sim, 90% da produção é feita em porcelana, quase não se vê cerâmica. Porem, nem tudo são flores… eu já sabia da situação atual da cidade antes de vir, mas fiquei chocado quando vi com meus próprios olhos! Devido à crise econômica mundial e a queda da moeda japonesa, a produção de porcelana em Arita entrou em um tipo de colapso. Várias fábricas e estúdios fecharam suas portas, muita gente desempregada, algumas famílias inteiras se mudaram para outras cidades ou províncias pra tentar nova vida. E é neste cenário que esta acontecendo uma revolução ou “evolução “ em Arita, alguns ceramistas, donos de fabricas e pessoas da comunidade se uniram com um propósito, levantar novamente a cidade, promover eventos, fazer parcerias e criar novas oportunidades de trabalho e utilização da mão de obra super capacitada dos moradores.

Assim, esta sendo criado o Happy Lucky Site, tradução em inglês do nome de uma fabrica que teve inicio em 1864 a Kou Raku Gama – onde o seu atual diretor vem seguindo a tradição da família. Este japonês visionário resolveu transformar parte de sua fabrica em um Atelier Residência. Bem,,,é aqui que eu entro, fui convidado para desenvolver o programa e adequar a fabrica e suas instalações para receber estrangeiros a partir de agosto de 2013, já preparando para uma grande Feira Internacional para comemorar os 400 anos da Porcelana no Japão em 2016. Sei que no Brasil poucos ceramistas experimentam a porcelana, o que torna Arita muito convidativa, pois os interessados podem ter a chance de experimentar ou aperfeiçoar no uso deste material, também é muito interessante para aqueles que querem aprender ou especializar em utilização de decalques, torno de esteca, moldes em gesso e pintura decorativa sobre porcelana utilizando a técnica de Arita Yaki, Imari Yaki e Kakiemon. Acredito que nos próximos anos haverá maior incentivo e investimento na área da cerâmica e porcelana artística na região o que todos esperam ira criar novas frentes de trabalho para a população.

Quem quiser acompanhar meu “Diário de Bordo” é só entrar na minha FanPage
https://www.facebook.com/pages/Atelier-Sebasti%C3%A3o-Pimenta/484858108237647
Ou na FanPage do Happy Lucky.
https://www.facebook.com/pages/Happy-Lucky-Site-Arita/132233913614626?fref=ts

Peço desculpas por varias das informações e descrições das imagens estarem em inglês, mas como estamos tentando atingir o publico internacional a língua adotada infelizmente foi esta.

Publicado em etc
Publicado porSimone Chacham