Técnica e dimensões: Argila (tijolos crus). 2,60x1,75x0,80m
Técnica e dimensões: Argila (tijolos crus). 2,60x1,75x0,80m

No dia 20/12/2009, na abertura da programação Verão no Museu, do Museu de História Natural e Jardim Botânico da UFMG, foi inaugurada a instalação do ceramista Bruno Amarante. A instalação faz parte dos projetos em desenvolvimento do Laboratório de Arte Ambiental da UFMG. Segundo o artista:
“Um dos principais problemas existentes nos grandes Centros Urbanos Brasileiros está relacionado ao processo de expansão dos mesmos. Geralmente, o crescimento destes centros ocorre sem que haja um planejamento específico sobre as novas áreas de ocupação. Desta maneira, este crescimento desordenado acaba por atingir áreas de matas e nascentes que deveriam ser preservadas, provocando assim, desequilíbrio ambiental e problemas relacionados a preservação e a poluição dos sistemas hídricos utilizados no abastecimento de água dos próprios centros.
Desta maneira, esta instalação denominada: INVASÃO Nº1, correlaciona-se com a questão apresentada. Feita com argila, na forma de tijolos crus, que ao longo do tempo irão ser deteriorar, tenta demonstrar a fragilidade da relação entre homem e natureza. Relação e interação inevitável, mas que depende de certa racionalidade, para que haja equilíbrio e promoção de uma interação sustentável.”
A instalação fica na mata do anfiteatro do museu. Mais informações sobre o Museu de História Natural e Jardim Botânico da UFMG, clique aqui.

Publicado porSimone Chacham