temmoku
temmoku

Vidrados para atmosferas redutoras tambem podem ser submetidos à queima em atmosfera oxidante, mas não terão as peculiaridades típicas ou sua plena beleza de colorido e características.

São chamados assim os vidrados de Celadón autênticos, o que significa vidrados coloridos em todas as graduações possíveis de verde, utilizando o óxido de ferro; os vidrados de cor Vermelho de Cobre, chamados também de Vermelho da China ou Sangue de Boi; assim como os do tipo Temmoku, de cor negra, parda e vermelha, coloridos com muito óxido de ferro.

O que caracteriza um esmalte do tipo Temmoku: São esmaltes brilhantes e opacos, de cor negra mas na maioria das vezes não são totalmente negros. Possuem superfície com vivas texturas as quais mostram entre as áreas negras, manchas ou franjas marrons, amarelas ou pardas, ou mesmo manchas negras em meio a superfícies de cor marrom escuro. Muitas vezes as arestas, as bordas e as quinas agudas tem a cor ferrugem frente ao restante superfície negra.Principalmente onde a capa do vidrado é mais fina.

Frequentemente as manchas de distintas cores tem ao mesmo tempo um brilho metálico: se são grandes e redondas, o que ocorre quando a capa do vidrado é mais grossa, chamamos de vidrado “gotas de azeite”. Este tipo de Temmoku é, normalmente, resultado de uma combinação entre a espessura da capa de vidrado, o intervalo de temperatura de queima, a viscosidade da massa vítrea e a velocidade do resfriamento do vidrado. Neste caso é melhor fazer a queima numa atmosfera oxidante.

Texto de Laila Kierulff

Publicado porSimone Chacham